Blog da Cintia Cercato

Categorias

Histórico

Não é só chocolate: pizza, leite, refrigerante e pão também causam acne

Cintia Cercato

04/05/2018 04h00

Alimentos ricos em açúcar favorecem o surgimento de espinhas | Crédito: iStock

Acne é uma doença inflamatória da pele influenciada por diversos fatores. Poluição, medicações, alterações hormonais, estilo de vida e estresse são alguns desses fatores. A dieta também pode afetar a saúde da pele. Existem evidências de que a acne é mais comum em sociedades ocidentais que adotam um tipo de dieta caracterizada por alto consumo de lácteos, além de alimentos ricos em açúcar e gordura.

Em relação aos produtos lácteos uma pesquisa com mais de 47 mil mulheres buscou investigar através de questionários de frequência alimentar a relação entre o consumo de leite durante o final da adolescência com o diagnóstico de acne grave. Os pesquisadores encontraram uma associação significativa entre alto consumo de leite cerca de 3 copos de leite por dia com o desenvolvimento de acne. Nessa pesquisa essa associação foi justificada pelo fato de o leite em excesso aumentar os níveis de um hormônio chamado IGF-1, que parece piorar a atividade seborreica. O desenvolvimento da acne não parece se dever à presença de gordura no leite, pois o leite desnatado foi mais relacionado a acne grave do que a versão integral.  Isso porque o leite desnatado está associado a maiores níveis de IGF-1 no sangue.

Alimentos ricos em açúcar e carboidratos simples (produtos com alto índice glicêmico), como doces, refrigerantes, pizza, massas e pão branco, aumentam o nível de insulina no sangue que por sua vez estimula a produção do IGF-1, e como vimos anteriormente isso favorece a produção do sebo, com obstrução do folículo piloso e formação da acne. Pesquisas com a adoção de dietas de baixo índice glicêmico, que diminuem o pico de insulina, mostraram melhora da gravidade da acne e um aumento dos níveis de um hormônio chamado adiponectina, que tem propriedades anti-inflamatórias.

Manteiga, frituras e alimentos ricos em gordura saturada e gordura trans também podem piorar a gravidade da acne, pois estão associados a maior produção de fatores inflamatórios.

O chocolate sempre é visto como vilão. Aparentemente o problema do chocolate não é o cacau e sim o leite e o açúcar. Assim, chocolates com 70% de cacau ou mais não parecem ser tão prejudiciais assim. O problema são as versões em barra cheias de açúcar. Quem tem acne deve tomar cuidado com os achocolatados tão comuns no café da manhã da maioria dos adolescentes, pois além de leite contêm muito açúcar.

Por outro lado o consumo de peixes ricos em gordura poli-insaturada e omega-3 parecem ter um efeito benéfico para a pele, pois esses nutrientes estão associados a redução da inflamação. Pesquisas indicam que o consumo regular de verduras e frutas com baixo índice glicêmico também pode prevenir o desenvolvimento de acne grave.

Assim, a pele reflete a qualidade da alimentação. Um padrão alimentar saudável pode ajudar na prevenção ou melhora da acne.

Sobre a autora

Cintia Cercato é médica endocrinologista pela USP (Universidade de São Paulo), que se dedica à obesidade desde que defendeu doutorado nessa área em 2004. É a professora responsável por essa disciplina na pós-graduação da Faculdade de Medicina da USP, onde desenvolve várias pesquisas sobre o tema. Foi presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso) e atualmente é diretora do departamento de obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).
- Site: www.cintiacercato.com.br
- Facebook: https://www.facebook.com/dracintiacercato/
- Instagram: https://www.instagram.com/cintiacercato/
- Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCbLI7AXyq3G2pyNDEL7zuvg

Sobre o blog

Este é um espaço com conteúdos relevantes sobre controle do peso, dieta, estilo de vida e tratamento da obesidade. Todas as publicações têm como base a melhor evidência científica disponível, garantindo informações de credibilidade.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Cintia Cercato
Topo